quarta-feira, 16 de novembro de 2016


Dignidade


Escolher: preso em granja, liberado em selva ou ... ?
Comandados por tais e quais ditadores atuais !
A democracia transformou-se em arena humana.
Nem cogito imaginar quanto ao massificar socialista.

Nas ditaduras: religiões proibidas, banidas.
Vive-se escravizado como se em granja fosse.
Incorporado no capitalismo – o puro misticismo.
Selva asfáltica, reinado do mais forte, do oportunista.

Secularidade na trilha desumana permanente.
Difícil fica imaginar um quê do belo equilíbrio
na minúscula historicidade sem prioridade lógica.
Imigração e terror constatam o existir desplanejado.

As instituições responsáveis pelo bem geral
mais parecem só pensar  em ter, ter e ter,
chegando às raias da destruição ambiental.
A insegurança-individualidade barra a satisfação.

Sair do reforço negativo e desaguar na resiliência,
gerando harmonia e discernimento sem imediatismo.
Apontar os incríveis benefícios acolhedores - gerados
pela união - voltados para o bem maior de todo ser...
                      
                         
www.grupofenix50.blogspot.com        -       grupofenix50@hotmail.com 




                                    Prioridades 


                              Comandados por 0,1 % de magnatas e, ainda,

amedrontados  por  0,1 % de marginais.


Perpetua-se a imigração até por guerra.

Algo patológico a pairar nos ares faz pensar.


Sacrifícios em demasia pelos filhos...

Tal animalidade abarca o mal maior.

A reprodução mostra-se cruel, irresponsáveis,

  antropofágica em sua continuidade ...


Sem  profilaxias  na  busca   da   sonhada segurança.

Quem importa-se com o outro no bem-estar social ?

O que dizer sobre a  irresponsabilidade  familiar ?

Ainda chamam de - “sagrada” - a família.
                                                      


Socialmente, continuamos na pré-história.
                          
                                 Devemos encontrar o equilíbrio do porvir.
                      
                               Com a Carta Magna chega-se a um equilíbrio.

                            Força resta no contraditório, no finito ...



               www.grupofenix50.blogspot.com        

     grupofenix50@hotmail.com


                              

Nenhum comentário:

Postar um comentário